Guia de Raças - Chow Chow

Esta esplêndida raça, conhecida em alguns países como Spitz Chinês, está sendo muito difundida em todo o mundo. O porte nobre e vistoso da raça, a beleza indiscutível e a pelagem exuberante, de cor singular provocam inevitavelmente a admiração de todos. Mas quem conhece a raça mais profundamente, sabe que além das indiscutíveis qualidades exteriores, o Chow Chow possui ainda muitas outras que fazem dele um excelente companheiro e auxiliar do homem, podendo ser utilizado nas mais diversas atividades, dependendo das necessidades do dono ou da região onde vive.


História da raça Chow Chow


Acredita-se que o Chow Chow seja uma das mais antigas raças de cachorros. Pesquisas indicam que esta é uma das primeiras raças primitivas que evoluiram do lobo cinzento, o ancestral direto do cachorro, tendo sua origem provavelmente nas regiões das estepes áridas do norte da China e da Mongólia.

Alguns historiadores afirmam que o Chow Chow era o cão que acompanhava as tropas mongóis durante a invasão da China, da Europa ocidental e do Oriente Médio. A ascendência desta raça de cão é atribuída à China, onde foi utilizado como cão de caça e também como cão de guarda. Na China, também foram utilizados ao longo da história como cães de tração, puxando trenós. São descendentes dos cães nórdicos do tipos spitz, considerados cães de tipo primitivo, mais próximos portanto, do seu ancestral, o lobo cinzento. Acredita-se ainda, que esta tenha sido a raça que teria dado origem a outros cães do tipo spitz, como o Elkhound Norueguês, o Samoieda, o Keeshond e o Spitz Alemão.

Os primeiros exemplares foram levados à Inglaterra ao final do século 18, mas somente a partir de 1920 a raça começou a adquirir alguma notoriedade na Europa.


Temperamento da raça Chow Chow


Muito versátil, é considerado um valente guardião e defensor da casa, é ótimo guarda de barcos, exímio caçador de lobos e outras presas selvagens, além de um talentoso e incansável cão de trenó, atividade de extrema importância em sua região de origem.

Em geral, o Chow Chow apresenta temperamento calmo e tranquilo, porém é um cão reservado, independente, com forte instinto de caça, protetor aficcionado e absolutamente leal ao dono. É um cachorro considerado extremamente protetor e pode, com o tempo, mostrar-se excessivamente agressivo em relação às pessoas estranhas ao convívio familiar.

O adestramento e a socialização precoce são imperativos para este cachorro, que tende a se tornar teimoso e menos receptivo ao treinamento depois de adulto. Não é uma raça indicada para proprietários inexperientes e que não saibam lidar com seu temperamento forte e, por muita vezes, dominante. O treinamento enquanto filhote ajuda na formação de caráter e no ajuste do cachorro adulto ao convívio com as pessoas. Depois de adulto, o Chow Chow também pode mostrar-se agressivo com outros cães, especialmente os de mesmo sexo. Devem ser socializados o mais cedo possível, e ainda mais os exemplares considerados dominantes, a fim de evitar problemas mais sérios de convivência no futuro.

Por não ter um porte grande e por não necessitar de tanto exercício quanto outras raças de cães, o Chow Chow é considerado um bom cachorro para apartamento, no entanto, precisa gastar sua energia como qualquer outro cão, e neste caso, passeios regulares de coleira são indicados para que não se tornem destrutivos.


Descrição e aparência da raça Chow Chow


O Chow Chow é um cachorro equilibrado, de aspecto leonino, porte orgulhoso e digno, leal, mas reservado. É um cachorro ágil, compacto, curto e harmonioso em seu conjunto. Além da aparência singular e da belíssima pelagem, a língua de cor preta azulada é outra característica típica da raça Chow Chow.

A cabeça do Chow Chow é larga, o stop é pouco pronunciado, apresenta um focinho de tamanho moderado, com a trufa grande, sempre preta, com exceção dos exemplares de cor creme ou quase brancos, nos quais a trufa de cor mais clara é admitida, embora a de cor preta seja sempre preferida. Seus olhos são escuros, pequenos, preferencialmente de formato ovalado. É permitida uma cor correspondente a da pelagem nos exemplares azuis e fulvos. As orelhas do Chow Chow são, pequenas, grossas e bem separadas entre si. Seu peito é amplo e profundo, o dorso é curto, reto, forte e a cauda implantada alta, levada bem dobrada, apoiada na garupa.

A pelagem do Chow Chow é abundante, espessa, reta, e pode ser lisa ou áspera, um pouco dura ao tato, com sub pelo suave e lanoso. A cor da pelagem pode ser o preto unicolor, vermelho, fulvo, azul, creme ou branco, frequentemente com nuanças mas sem manchas - sob a cauda e na face posterior das coxas a cor é, em geral, mais clara.

De porte médio, a altura mínima para a raça Chow Chow é de, cerca de 45 cm, entretanto a característica primordial do exemplar deve ser a harmonia do conjunto.


Ficha da Raça Chow Chow

País de origem: China

Nome original: Chow Chow

Grupo 5: Spitz e Cães do Tipo Primitivo

Utilização: Cão de Guarda e Companhia

Porte: Médio

Necessidade de exercício diário: Média

Temperamento: Leal, Independente, Reservado

Adestrabilidade: Média

#chowchow

Posts Em Destaque
Posts Recentes