Guia de Raças - Dogue Alemão

Conhecido em diversos países como Dinamarquês e hoje chamado oficialmente de Dogue Alemão, este maravilho gigante é de fato um cachorro de origem germânica. Hoje em dia é criado com grande mérito por canis especializados em muitos países do mundo. Apesar de incerta, a origem da raça, segundo a teoria mais aceitável por diversos autores, teria vindo do cruzamento de cães mastins com lebréis.

A raça Dogue Alemão reúne a sua nobre aparência de constituição robusta e bem delineada, a ferocidade, força e característica elegância. O Dogue Alemão destaca-se ainda por sua cabeça expressiva e não revela nervosismo algum, nem sequer nas grandes manifestações afetivas.

Os exemplares da raça Dogue Alemão exibem-se nobres e elegantes ante seus observadores. O caráter do Dogue Alemão é essencialmente amistoso, afetuoso com os familiares, em particular com as crianças. É, no entanto, esquivo e desconfiado com pessoas estranhas ao círculo familiar. Devido ao caráter e ao seu tamanho gigante, é uma das raças pertencentes ao grupo dos cães de guarda e utilidade mais procuradas para desempenhar a função de guarda de propriedades.

A pelagem é curta e espessa, aderente e reluzente. A cauda do Dogue Alemão é de comprimento médio e os olhos são bem enquadrados, redondos, o mais escuros possível, com expressão vivaz e inteligente.

De porte gigante, o tamanho mínimo para os cães machos da raça Dogue Alemão é de 80 cm, medidos sempre a altura da cernelha. As fêmeas devem medir, pelo menos 72 cm. É desejável entretanto, que esse limite seja superado.

Ficha da Raça Dogue Alemão

País de origem: Alemanha

Nome original: Deutsche Dogge

Grupo 2: Cães de Guarda e Utilidade

Utilização: Escolta, Guarda, Companhia

Porte: Gigante

Necessidade de exercício diário: Alta

Temperamento: Afetuoso, Corajoso, Auto-confiante

Adestrabilidade: Média / Alta

#doguealemão

Posts Em Destaque
Posts Recentes